A DITADURA Em Feira de Santana BA. - Olho Solitário
Navigation

A DITADURA Em Feira de Santana BA.

O que e nova ordem mundial, quem destrói o mundo, quem são os iluminatis, o que é mensagem subliminar, Jesus cristo e Deus, quem matou John Kennedy, contra nova ordem mundial, verdade oculta, o que é olho que tudo vê, quem manipulou as manifestações no Brasil, blog olho solitário, como votar nulo, ultimas noticias do mundo, o anticristo quem e, os segredos do vaticano, eleições do Brasil, agencias secretas, como fugir da mentira, os reptilianos quem são, segredos da maçonaria, demônios na terra, sociedades secretas, a verdade sobre o 11 de setembro, espionagem americana no brasil, manifestações no brasil, movimento contra a nova ordem mundial, propagandas da Disney, mensagens subliminares nos filmes, sites contra nova ordem mundial, ler a bíblia online, versículos da bíblia, downloads de livros, baixar e-books, viagem no tempo, ciência bizarra, guerra no mundo, religião quem precisa, sites polêmicos, politica no mundo, noticias sobre fim do mundo, o fim do mundo maia, o bem contra o mal, sites de compras, site de busca lomadee, quem construiu as pirâmides, a origem das pirâmides, a origem do olho que tudo vê, como surgiu os iluminatis, a teoria da conspiração é real, quais são os principais teorias da conspiração, feira de Santana Ba, noticias sobre feira de Santana Ba, oferta de emprego em feira de Santana Ba, fluminense de feira, onde se localiza a área 51, existe alienígena, existe a área 51, quem matou ossama bin Laden, vida após a morte existe, novo filme com mensagens subliminares, artistas iluminatis, qual os símbolos da nova era, desenhos com mensagens subliminares, novo Dragon bal batalha dos deuses, ouvir radio online, ouvir rock online, rock rio, entrevista de ex iluminati, fórum contra nova ordem mundial, mundo estranho, o que e a Darpa, como identificar mensagens subliminares, mensagens subliminares nas novelas da globo, a ditadura no brasil, como surgiu a rede globo, a rede globo e gay, a verdade sobre a rede globo, pastor que estuprou, falso profeta, quando sera o fim do mundo, de onde vira o anticristo, o papa vai ressuscitar, padre que abusou sexualmente, pena de morte no Brasil, origem do olho de Hórus, musicas contra nova ordem mundial, baixar o livro Brasil nunca mais, quem são a Black water, como combater as drogas, zumbi existe, apocalipse zumbi, ritual satânico, dias das bruxas, beatificação do papa João Paulo II

Francisco José Pinto dos Santos foi um advogado feirense e político brasileiro que exerceu quatro mandatos de deputado federal pela Bahia e se destacou como integrante do grupo autêntico do Movimento Democrático Brasileiro que pregava uma oposição mais contundente ao Regime Militar de 1964 em contraposição à postura comedida do grupo moderado. Era conhecido também pelo epíteto de Chico Pinto.

Filho de José Pinto dos Santos e Inácia Pinto dos Santos ingressaram no PSD e nele permaneceu até a chegada do bipartidarismo por força do Ato Institucional Número Dois outorgados pelos militares em 1965. Nesse cenário foi eleito vereador de Feira de Santana em 1950 e em 1954 graduou-se em Direito pela Universidade Federal da Bahia atuando como advogado.

Eleito prefeito do município em 1962 teve o mandato cassado e assim fez opção pela oposição após a queda de João Goulart em 31 de março de 1964 e nessa condição fundou a seção baiana do MDB em 1966. Eleito deputado federal em 1970, logo divergiu da orientação moderada existente no partido e foi um dos fundadores do grupo autêntico do MDB cuja postura sinalizava uma ação mais contundente em relação ao poder militar. No episódio que culminou com à auto candidatura de Ulisses Guimarães à Presidência da República em 1974 defendeu a tese de que o partido necessitava denunciar a situação política do país, entretanto compartilhava de uma visão segundo a qual concorrer com o General Ernesto Geisel no Colégio Eleitoral seria legitimar os esbirros do regime de exceção, razão pela qual defendia a renúncia de Ulysses momentos antes da sessão, mas como o MDB se recusou a assim proceder foi um dos vinte e três parlamentares oposicionistas a se abaterem da votação.

O ano de 1974 foi marcado por um acontecimento ímpar em sua biografia, pois na véspera da posse de Ernesto Geisel em 15 de março, Chico Pinto concedeu uma entrevista à Rádio Cultura de Feira de Santana na qual denunciou a ditadura chilena de Augusto Pinochet numa manifestação considerada ofensiva pelas autoridades brasileiras. De imediato o Departamento Nacional de Telecomunicações (DENTEL) determinou o fechamento da emissora (que seria reaberta em 26 de julho de 1985) e o governo abriu um processo que resultou em seis meses de reclusão em julgamento realizado pelo Supremo Tribunal Federal em 10 de outubro de 1974. Após cumprir a pena no 1º BPM de Brasília foi submetido a oito processos e também a Inquéritos Policiais Militares atuando em causa própria.

Reeleito deputado federal em 1978 foi um dos fundadores do PMDB sendo elevado ao posto de Secretário geral do diretório nacional da agremiação. Conquistou novos mandatos de deputado federal em 1982 e 1986. Faleceu na capital baiana vítima de câncer. Internado no hospital San Raphael, em Salvador, o ex-deputado federal Francisco Pinto, um dos maestros da resistência à ditadura militar no MDB (Movimento Democrático Brasileiro), deseja gravar suas memórias políticas. Com certa ansiedade, convoca o repórter. Teme perder o impulso.

O recado chega em 1° de setembro de 2007. Há meses, vinha adiando um registro de suas reminiscências. Estimava um tempo mais tranquilo para alinhavá-las. Àquela altura, porém, dispensava saúde e formalidades. Queria falar.

A história da esquerda democrática, no Brasil dos anos 70, passa pelos discursos e conspirações de Chico Pinto. Em quartéis e encontros sigilosos, ele arquitetou um espinhoso diálogo entre o MDB e os militares nacionalistas.


Fiz com grande entusiasmo a divulgação deste documento por se tratar de um momento difícil em todo o país em tempos de Ditadura. Feira de Santana não esteve à margem da historia Francisco Pinto foi e é um nome marcante nas denuncias de atrocidades na Ditadura em nosso país. A juventude em nossa cidade precisa conhecer os nossos verdadeiros heróis, pessoas que realmente fizeram diferença na sociedade através de suas ações. Sabemos que em nossa cidade Feira de Santana há ruas que levam o nome de Francisco Pinto acredito que é muito pouco. Sugiro que a câmera de vereadores de nossa cidade preste uma homenagem a Francisco Pinto com uma estátua em praça publica para que todos se lembrem do nome de um dos homens que não temeu a morte em falar a verdade e denunciar as atrocidades da Ditadura em âmbito regional e nacional. Fica aqui minha sugestão tenho certeza que muitos de meus conterrâneos abracem a ideia.

Share

Lúcio Soares

Gosto de pesquisar sobre variados assuntos e principalmente aqueles que a grande mídia não divulga. Desde o inicio com o Blog Olho Solitário tenho aprendido muito e sei que na busca da verdade não estamos sozinhos.

O que achou? Comente aqui:

0 comentários:

Aqui você é livre para comentar. Obrigado pela visita!