Entrevista com Svali ex-Iluminati PARTE 05 FINAL - Olho Solitário
Navigation

Entrevista com Svali ex-Iluminati PARTE 05 FINAL

entrevista com ex iluminati, Svali
TV Além disso, lembra-se dos estudos que afirmaram que "a violência na TV não afeta o comportamento das crianças" anos atrás? Adivinha quem os financiou? Eles são um bando de idiotas. O que uma pessoa ve a INFLUÊNCIA e isto é bem conhecido pelos behavioristas no grupo. Na verdade, eles sabem que a televisão é uma ferramenta que eles deliberadamente usam para influênciar "as massas". Não se pode criar uma mudança de personalidade total do cidadão médio, mas pode nos tornar insencíveis, cada vez mais a violência, pornografia e ocultismo e influenciar a percepção das crianças.

Música Rock

Eu acredito que Britney Spears, Eminem, e outros estão sendo usados por eles para cantarem as músicas que os Illuminati gostam (já percebeu que ele usa uma aparência neo-nazistas e canta letras de ódio? Isto não é por acaso). Na verdade, muitos dos cantores altamente populares vieram de um estágio do "Clube do Mickey Mouse" (sim, o bom e velho Walt do Império iluminista) e eu acredito que lhes seja oferecido estrelato em troca de fidelidade ou controle da mente.

Quantas canções advogam o suicídio, violência, desespero, ou a espiritualidade da Nova Era em pop/rock de hoje? Ou apenas faça uma cópia das letras da múcisa e leia (mas esteja ciente de que muitos estão , possivelmente, desencadeando os sobreviventes do controle da mente).

Pontos Fracos do Illuminati
Svali:

"1. Sua arrogância (acho que já mencionei isso antes) é a sua fraqueza. Essas pessoas pensam que são intocáveis e isso pode torná-los descuidados.

2. Se por um milagre, muita gente levou isso a SÉRIO e começou a se organizar, de alguma maneira, para parar os Illuminati, com a oração e a orientação de Deus, talvez pudessem ser parados. Espero que sim, com todo o meu coração.

3. Parando a pornografia, a prostituição infantil, o tráfico de droga e o contrabando de armas tirariam a uma grande fatia dos seus lucros. Talvez eles ficassem menores. Mas, honestamente, parar isto seria tão difícil quanto parar o grupo. "

Negação pública do Mecanismo
Svali:

"A prova está aí, mas na minha opinião, a pessoa média não quer saber e mesmo quando confrontada com ela, vai olhar para o outro lado.
O caso de Franklin é uma ponta. Quanta evidência que apareceu? Ou os documentos do MK-Ultra que foram desclassificados, apresentados como reais e as pessoas os ignoram.
Ok, Sairei do esconderijo. Mas acredito que a mídia que minimiza o abuso ritual é a alimentada por uma profunda necessidade da pessoa comum de NÃO conhecer a realidade. Na verdade, como uma pessoa pode encarar o fato de um grande mal na humanidade, a menos que eles tenham uma forte fé em Deus, ou sejam confrontados com provas intransponível? Nós, como seres humanos queremos acreditar no melhor de nossa raça e não no pior, na minha humilde opinião.

Eu realmente não acredito que as pessoas vão fazer nada sobre os Illuminati, mesmo que os conheçam. Desculpe pelo cinismo, mas é baseado em uma vida inteira de experiência. 

Os iluministas não se importam com quem imprime este material, ou se eles estão "expostos", porque eles estão contam que a maioria não acreditará, pois foi feito um bom trabalho com uma campanha rápida na mídia (visto que, nenhum artigo na revista Newsweek ou Time, recentemente, tenha abordado este artigo, senão como uma teoria conspiratória risível? Adivinha quem é dono da Time-Warner?).

Eu os ouvia rir sobre isto mesmo em reuniões de liderança, há cinco anos, e duvido que a atitude deles tenha mudado muito desde então. Se as pessoas ACREDITAM nisso, se a ação pudesse ser tomada, então eu ficaria muito surpresa e muito feliz. "


Share

Lúcio Soares

Gosto de pesquisar sobre variados assuntos e principalmente aqueles que a grande mídia não divulga. Desde o inicio com o Blog Olho Solitário tenho aprendido muito e sei que na busca da verdade não estamos sozinhos.

O que achou? Comente aqui:

0 comentários:

Aqui você é livre para comentar. Obrigado pela visita!