Estudo sobre o surgimento e a evolução do homo-sapiens na Terra. Parte 07 - Olho Solitário
Navigation

Estudo sobre o surgimento e a evolução do homo-sapiens na Terra. Parte 07

nefilins, evolução humana, Zecharia Sitchin

Eu gostaria de ressaltar um fato ocorrido, que foi divulgado amplamente na internet. Recentemente uma empresa árabe de fornecimento de gás natural chamada ARAMCO, durante uma de suas escavações numa região desértica, ao sudoeste da Arábia Saudita, chamada "RAB-UL-KHAALEE" (quartel vazio), encontrou um esqueleto humanóide absurdamente gigantesco. Provavelmente o maior revelado até hoje. Quando a notícia foi divulgada, em sites de notícias na internet árabe, imediatamente as forças armadas árabes isolaram toda a área, impedindo totalmente o acesso ao local. Exceto aos funcionários daARAMCO. Helicópteros militares sobrevoaram a área e tiraram várias fotos e o governo árabe negou-se a qualquer esclarecimento, considerando o assunto extritamente secreto. Porém, algumas dessas surpreendentes fotos vazaram e foram publicadas em inúmeros sites na web. Poucos dias após a divulgação mundial do caso, surgiram posts em fóruns de ufologia explicando que a foto do esqueleto seria uma fraude. Uma montagem, resultado do trabalho da empresa de designer gráfico Worth1000, para fazer proganda dos produtos Corel Draw e Photoshop. Junto com o texto uma outra foto foi divulgada, que supostamente seria a mesma tirada no local das excavações da ARAMCO, porém o fóssil encontrado teria sido de um mastodonte e a foto teria saído dos arquivos da Cornell University, norte-americana. Então os sites que publicaram o primeiro material sobre o evento, imediatamente retificaram seus textos, concluindo que as imagens foram renderizadas por alguem ligado à empresa. Um "hoax"!Será? Analise os detalhes:
  • Se a ossada encontrada no local era realmente de um mastodonte, por que o governo da Arábia Saudita, onde seguramente achados arqueológicos são comuns e corriqueiros, deslocaria o exército para isolar a área e se negaria a dar informações sobre o caso, alegando que se tratava de "assunto sigiloso"?
  • Por quê, se de fato foram tiradas fotos da ossada de um mastodonte, as outras fotos não foram divulgadas para eliminar qualquer dúvida de uma "fraude"? Obviamente que diversas fotos de ângulos e distâncias diferentes seriam incontestáveis e no entanto apenas duas fotos foram usadas para comparação. E todas "tiradas" do alto. Quem conhece o básico sobre designer gráfico e utiliza com certa frequência programas como Corel Draw e Photoshop, sabe que é muito mais fácil fazer montagens com fotos tiradas do alto, do que no mesmo nível do objeto.
  • Ao analisar a primeira foto, você vai perceber a complexidade com o que o esqueleto humanóide está misturado com o terreno, semi enterrado, a disposição dos ossos, a iluminação e sombras no fosso.
  • O DETALHE DEFINITVO: SE HOUVE MONTAGEM DA MESMA FOTO (PRIMEIRA E TERCEIRA), POR QUE, NA SUPOSTA "MONTAGEM", ONDE APARECE O HUMANÓIDE, O SOLO ESTÁ SECO? E NO SUPOSTO "ORIGINAL" ONDE APARECE O MASTODONTE, O SOLO ESTÁ ENLAMEADO, ENCHARCADO D´ÁGUA. PRESTE ATENÇÃO NA FOTO DO MEIO: UM CANO OU MANGUEIRA MOLHANDO O FOSSO.
Qual foto realmente foi alterada? Tire suas conclusões!
Ainda tem dúvidas?? Saiba que achados arqueológicos de esqueletos, pegadas fossilizadas, artefatos, geoglifos e pinturas rupestres denunciando a atividade de humanóides gigantes extraterrestres, no passado, são mais comuns do que as autoridades da ciência admitem e ainda que a prática da desinformação aumenta na mesma proporção que as fantásticas descobertas, os disinformers edebunkers não conseguem ocultar a verdade! Contra fato não há argumento!
Escavações arqueológicas no Oriente Médio e Ásia
Mais uma ossada gigante humanóide, encontrada no Iraque
Crânios milenares gigantes expostos no Peru - A renderização gráfica mostra como seriam as feições faciais. Pelo volume craniano estima-se que o QI estaria entre 350 e 550 e pela variedade de formatos, podemos presumir que mesmo entre os Anunnaki havia diversidade de biotipos. Ou outras raças estiveram aqui, no mesmo período e interagiram com eles.
Crânio milenar exposto no Peru. Apresenta uma precisa secção cirúrgica na têmpora esquerda.
Fêmur encontrado na Turquia e exposto em museu do Texas/EUA
Se compararmos esses painéis de faraós egípcios c/ os crânios gigantes encontrados nos Andes, podemos ter certeza que as grandes civilizações do passado, tinham a mesma raiz genética, em comum, independente das distâncias geográficas. O desenho do crânio, assim como mãos incomuns, confirmam a herança genética extraterrestre da humanidade.
Painéis mostrando o faraó Akhnaton e sua esposa. As outras pessoas menores, poderiam passar por crianças, mas pode-se observar que possuem corpos definidos c/ estruturas de adultos. Logo, o faraó e sua esposa eram gigantes Anunnaki ou descendentes diretos.
Painéis de templos egípicios mostrando claramente glifos de OVNIs. Certamente as ancestrais nações da Terra estavam bem familiarizadas c/ a atividade extraterrestre.
Nesse painel pode-se ver a presença de um alien do tipo grey. Qual a relação entre os Anunnaki e os grey?
Os gigantes deixaram suas marcas de um hemisfério à outro. Essa ruína de uma cabeça de pedra foi encontrada na Antártida
Machados gigantes, encontrados no Iraque e uma gigantesca face de pedra cravada no meio de uma selva da Guatemala. Quem mais poderia ter produzido tais artefatos, senão humanóides gigantes?
Crânio de um bisão pré-histórico, exposto no Museu de Paleontologia de Moscou. Abatido por um tiro de projétil há 8000 anos.
Pegadas fossilizadas, achadas nos EUA


Artefatos milenares do Peru e México comparadas c/ fotos de astronautas e pilotos modernos
Alien grey em painel egípcio. Segundo os sumérios, os Anunnaki possuíam servos "artificiais", assexuados e sem emoções. Seriam os grey?
Representação da divindade hindu Ganesha, trajando uniforme de piloto.
Representações maias de pilotos antigos
O "astronauta de palenque"
Peças representando um jetpack
Peças representando um ônibus espacial
Artefato sumério encontrado no Iraque representando um equipamento de vôo
Däniken sugere que a maioria dos templos milenares hindus são alegorias de aeronaves
O "Dogu", astronauta ancestral que teria visitado o Japão antigo, no período Jomon
Obeliscos sumérios retratando uma possível estação orbital
As "linhas de Nazca", no Peru. Possíveis pistas de pouso de aeronaves extraterrestes há milhares de anos.
Pinturas rupestres de gigantes astronautas encontradas em cavernas da América
Fonte: http://osnefilins.tripod.com/
Share

Lúcio Soares

Gosto de pesquisar sobre variados assuntos e principalmente aqueles que a grande mídia não divulga. Desde o inicio com o Blog Olho Solitário tenho aprendido muito e sei que na busca da verdade não estamos sozinhos.

O que achou? Comente aqui:

0 comentários:

Aqui você é livre para comentar. Obrigado pela visita!