Um ataque aéreo americano matou cinco soldados do Exército Nacional Afegão e feriu mais oito na quinta de manhã, de acordo com autoridades afegãs e norte americanas. - Olho Solitário
Navigation

Um ataque aéreo americano matou cinco soldados do Exército Nacional Afegão e feriu mais oito na quinta de manhã, de acordo com autoridades afegãs e norte americanas.

ataque aéreo, Afeganistão, Exercito, Militar
Os drones em mais uma investida ataca soldados afegãos e tudo sem querer, simplesmente por a caso. Sinceramente não acreditamos que ainda exitam pessoas mundo a fora que acredite nesse discuso é demasiadamente mentirosa esta afirmativa de que os ataques sofridos no Afeganistão seja um incidente é realmente descabida a maneira que tratam este assunto, Não se assustem no futuro bem próximo ver pessoas sendo perseguidas nas rua do mundo todo pelo drones. Ele estão ai e são uma das principais armas dos Estado Unidos para possível guerra com a Russia. Gostaríamos apenas de deixar uma mensagem: O mundo mudou as armas mudaram e a Nova ordem já chegou! Só não ver os cegos por opção e comodidade de não ver ou fingir que tudo está bem. Questionar é preciso para que haja verdade.
O ataque ocorreu às 3:20 horas, no distrito Charkh da província de Logar, no leste do Afeganistão. As autoridades locais atribuíram-na a um ataque de drones, embora um porta-voz do Exército americano disse mais tarde que os aviões tripulados tinha sido envolvido.

"Acreditamos que a greve foi o resultado de uma má coordenação entre as pessoas no terreno e os operadores do robô", disse Din Mohammad Darwish, porta-voz do governador de Logar.

"A área é frequentada por insurgentes estrangeiros e locais, e ataques aéreos são realizados muitas vezes em que parte de Charkh", disse Darwish. "O posto avançado ANA era parte do cinto de segurança na província."

Autoridades americanas disseram que iriam investigar as mortes, que aconteceram enquanto aeronaves estavam apoiando uma missão solo liderada por forças afegãs.

"Podemos confirmar que pelo menos cinco pessoas do Exército Nacional Afegão foram acidentalmente mortos esta manhã durante uma operação no leste do Afeganistão", disse o major Cathleen Neve, um porta-voz da Força de Assistência à Segurança liderada pelos Estados Unidos Internacional. "Valorizamos o forte relacionamento com nossos parceiros afegãos, e vamos determinar o que vai ser tomadas medidas para garantir incidentes como este não voltem a acontecer."

O general Zaher Azimi, porta-voz do Ministério da Defesa afegão, confirmou em uma mensagem no Twitter na quinta-feira o número de mortos do que ele chamou de "um ataque aéreo da ISAF." Ele se recusou a discutir o assunto.

Enquanto não há dados duro estiver disponível, o militar americano foi, aparentemente, usando drones no Afeganistão com o aumento da freqüência após rigorosos controlos foram impostas em ataques aéreos para evitar vítimas civis, bem como as reclamações por parte dos militares afegãos que não estava recebendo apoio de ar adequado para a sua operações.

"O que aconteceu em Logar poderia ter sido o resultado de falta de comunicação ou descoordenação entre o comando aéreo tático e do piloto, o que é normal e acontece", disse o coronel Bahadur Rais Khail, porta-voz da Força Aérea afegã.

Ele disse que as unidades terrestres do país costumam ter um oficial da força aérea incorporado com eles que está em contato com o Ministério do comando aéreo tático da Defesa em Cabul, que por sua vez tem funcionários multilíngues coordenando ataques aéreos com as autoridades americanas.

Habib Zahori contribuíram com reportagem.

Fonte: http://mobile.nytimes.com/

Share

Lúcio Soares

Gosto de pesquisar sobre variados assuntos e principalmente aqueles que a grande mídia não divulga. Desde o inicio com o Blog Olho Solitário tenho aprendido muito e sei que na busca da verdade não estamos sozinhos.

O que achou? Comente aqui:

0 comentários:

Aqui você é livre para comentar. Obrigado pela visita!