The trial ( O julgamento ) Pink Floyd - Olho Solitário
Navigation

The trial ( O julgamento ) Pink Floyd

Musicas, traduções, mensagens

The Trial - O Julgamento

Bom dia, verme sua excelência
A coroa pretende mostrar que
O prisioneiro que agora está diante de você
Foi pego em flagrante mostrando sentimentos
Mostrando sentimentos de uma natureza quase humana
Este não serve
Chame o professor

Sempre disse que não daria boa coisa
No final, excelência
Se me deixassem fazer à minha maneira
Eu o colocaria na linha
Mas minhas mãos estavam atadas
Os mais sensíveis e os artistas
Perdoavam-lhe tudo
Deixe-me martela-lo hoje?

Louco
Macacos me mordam eu sou louco
Fui fisgado mesmo
Deveriam ter tomado minhas bolinhas de gude
(Louco, macacos me mordam, ele está louco)

Seu bostinha agora você está nessa
Tomara que eles jogem a chave fora
Você deveria ter falado mais vezes comigo
Mas, não!tinha que ser
Do seu jeito, destruiu muitos
Lares ultimamente?
Apenas cinco minutos, verme sua excelência
Ele e eu, sozinhos

Filhinho
Vem com a mamãe filhinho, deixe-me segurá-lo
Em meus braços
Senhor nunca quis que ele causasse
Algum problema
Por que tinha que me deixar?
Verme, sua excelência, deixe-me levá-lo para casa

Louco
Por trás do arco-iris, eu sou louco
Grades na janela
Deveria haver uma porta no muro
Por onde entrei!
Louco, por trás do arco-iris, ele é louco

A prova apresentada à corte é
Incontestável, não há necessidade do
Júri se retira
Em todos meus anos de magistrado
Nunca ouvi de um caso
De alguém que merecesse tanto
A pena máxima da lei
A forma como fez sofrer
Sua mãe e sua primorosa esposa
Me enche de vontade de defecar

Vai nessa juiz! Cague nele

Desde que, meu amigo, você revelou seu
Medo mais profundo
Eu lhe sentencio a se expor
Aos seus semelhantes
Derrubem o muro

Share

Lúcio Soares

Gosto de pesquisar sobre variados assuntos e principalmente aqueles que a grande mídia não divulga. Desde o inicio com o Blog Olho Solitário tenho aprendido muito e sei que na busca da verdade não estamos sozinhos.

O que achou? Comente aqui:

0 comentários:

Aqui você é livre para comentar. Obrigado pela visita!