THE GUARDIAN: CADÁVER FOTO OSAMA BIN LADEN É FALSA - Olho Solitário
Navigation

THE GUARDIAN: CADÁVER FOTO OSAMA BIN LADEN É FALSA

osama, Bin laden, morte, farsa, conspiração

Uma imagem aparentemente mostrando um morto Osama bin Laden transmissão na televisão paquistanesa e apanhada por sites de jornais britânicos é uma farsa. A imagem ensanguentado de um homem com cabelo emaranhado e um olho branco, entreaberta tem circulado na internet nos últimos dois anos. Foi usado nas primeiras páginas do Correio, Times, Telegraph, Sun sites e em espelho, embora rapidamente removido após a farsa foi exposta no Twitter.
Sobre isso nós sempre desconfiamos, pois seria muito lúdico acreditar de que os norte americanos com toda tradição de vingança e ódio eterno contra tudo e todos que os afrontam teriam a singela atitude de realizar um enterro nas tradições religiosas nas quais o Bin Laden que não morreu as segue...! Isso é conversa para boi dormir!
Parece que a imagem falsa foi inicialmente publicado pelo Médio Oriente jornal on-line themedialine.org em 29 de Abril de 2009, com um aviso do editor que era "incapaz de determinar se a foto é verdadeira ou não" . O Daily Mail foi um dos sites de jornais para publicar a imagem falsa do corpo de Osama bin Laden. Desde então, porém, a imagem tem sido apontada como genuína de uma série de fóruns de conspiração e utilizada para fundamentar as alegações de que o terrorista responsável pelos atentados 9/11 tinha sido morto.

The Guardian foi um dos poucos locais que impedem de usar a imagem manipulada em sua primeira página, relatando a existência da foto em seu blog ao vivo, mas questionando a sua legitimidade. A imagem é baseada em uma fotografia real de Bin Laden tomada em 1998 e usado pela Reuters agência de notícias (via theguardian.com ).

Fonte: http://www.disclose.tv
Share

Lúcio Soares

Gosto de pesquisar sobre variados assuntos e principalmente aqueles que a grande mídia não divulga. Desde o inicio com o Blog Olho Solitário tenho aprendido muito e sei que na busca da verdade não estamos sozinhos.

O que achou? Comente aqui:

0 comentários:

Aqui você é livre para comentar. Obrigado pela visita!