Cunha usava o nome de Carlos Trivoli para operar conta na Suíça - Aleluia irmãos! - Mais um fruto da bancada evangelica! - Olho Solitário
Navigation

Cunha usava o nome de Carlos Trivoli para operar conta na Suíça - Aleluia irmãos! - Mais um fruto da bancada evangelica!

Cunha, ladrão, Carlos Trivoli

Carlos Trivoli era o nome usado pelo ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha para operar uma conta no banco suíço Julius Baer; segundo as investigações da Operação Lava Jato, era por meio desta conta que o ex-parlamentar movimentava o dinheiro oriundo o esquema de propinas e desvios em contratos da Petrobras; endereço eletrônico em nome de Trivoli foi encontrado pelos investigadores após a quebra do sigilo das contas de e-mail da mulher de Cunha, Cláudia Cruz, e da filha Danielle Dytz

247 - Carlos Trivoli. Foi este o nome usado pelo ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha para operar uma conta no banco suíço Julius Baer. Segundo as investigações da Operação Lava Jato, era por meio desta conta que o ex-parlamentar movimentava o dinheiro oriundo o esquema de propinas e desvios em contratos da Petrobras.

O endereço eletrônico ctrivoli0987@hotmail.com teria sido encontrado pelos investigadores após a quebra do sigilo das contas de e-mail da mulher de Cunha, Cláudia Cruz, e da filha Danielle Dytz.

Ainda segundo as investigações,.o e-mail em nome de Carlos Trivoli teria recebido, em maio de 2015, um resumo dos pagamentos efetuados pela offshore Orion SP, cuja propriedade é atribuída a Cunha. O comunicado teria sido repassado por uma funcionária do banco Julius Baer.

Os investigadores destacam que as datas dos depósitos coincidem com as datas de pagamentos de propina feitas pelo lobista João Henriques. O dinheiro seria uma compensação por Cunha ter ajudado a intermediar a compra de um campo de petróleo em Benin, na África, pela Petrobras.

Share

Lúcio Soares

Gosto de pesquisar sobre variados assuntos e principalmente aqueles que a grande mídia não divulga. Desde o inicio com o Blog Olho Solitário tenho aprendido muito e sei que na busca da verdade não estamos sozinhos.

O que achou? Comente aqui:

0 comentários:

Aqui você é livre para comentar. Obrigado pela visita!