Arcanjo Miguel - A Evolução das Religiões Espíritas - 05-06-20 - Olho Solitário
Navigation

Arcanjo Miguel - A Evolução das Religiões Espíritas - 05-06-20

Arcanjo Miguel, A Evolução das Religiões Espíritas, canalização espiritual, mensagem, origem, história

Queridos! EU SOU O ARCANJO MIGUEL!

Vamos finalizar hoje, essa sequência de vídeos falando sobre as   religiões africanas, e o espiritismo de maneira geral. Então, hoje eu quero   comentar com vocês, a respeito da evolução que foi acontecendo ao longo do   tempo. Como eu disse, esses cultos foram se propagando pelo planeta; e foram   na verdade com o passar do tempo, perdendo muito daquela essência do tempo   que havia sido criado. 

Vou falar um pouco aqui do seu país, da maioria que está aqui,   que é o Brasil. Este país sempre foi essencialmente católico. Porém com a   chegada dos escravos, eles trouxeram essas crenças para cá. Só que,   exatamente por serem contrárias à religião local, essas crenças não podiam   ser disseminadas; muito menos por aqueles que eram exatamente os sem voz, os   sem rosto, os sem vida, que eram os escravos. 

Então muito sabiamente alguns escravos, no momento dos seus   cultos, mantinham imagens da igreja católica em seu poder. E quando os   senhores chegavam e perguntavam o que era aquilo, simplesmente eles diziam   que estavam cultuando aquela santa, aquele santo da igreja. E desta forma   eles puderam continuar com os seus rituais, continuar toda essência do que  eles trouxeram da sua terra natal. E desta forma isso foi sendo disseminado  no país. 

Depois da liberdade, esses escravos, aí sim já podiam se reunir   e continuar os seus cultos de forma original. Mas muitos continuaram   aceitando aquela associação que houve, entre os Orixás e entre as imagens   católicas. E é o que acontece até hoje. A associação continua sendo difundida   por muitos que ainda seguem essas religiões. Mas posso lhes garantir, que não existe associação alguma. Nenhum ser de luz está associado à Santo nenhum. Os  Santos, que vou falar sobre eles na próxima semana, foram outras almas. Nada   têm a ver com aqueles cultos que se faziam nos terreiros ou casas espíritas.  Isto foi apenas uma forma, dos escravos poderem continuar as suas crenças,   ritos e cultos sem serem importunados. 

Como eu disse ontem, o preconceito sempre existiu. Quem era   envolvido por essas religiões, era taxado, rotulado de macumbeiro e   discriminado. Então muitos tinham vergonha, de dizer a religião que seguiam,   as crenças que seguiam. Porque não eram bem aceitos. Aliás coisa que acontece   até hoje. Muito bem. O mundo foi evoluindo, as pessoas foram evoluindo. Não é o momento aqui de comentar sobre outras religiões, mas muita gente começou a   se cansar daquele processo de tamanha escravidão; de que nunca pode faltar,   nunca pode se aposentar, nunca pode estar longe. Muitos se cansaram. E muitos  também entenderam, que Deus Pai/Mãe jamais permitiria um filho ser castigado,  somente porque não quer fazer algo; porque estava cansado. Foram muitos anos   dedicados à caridade. Estava na hora de parar e muitos pararam. E como eu   disse ontem, exatamente por acreditarem que Deus Pai/Mãe não é esse Deus   punitivo, nada lhes aconteceu. Eles se libertaram pela fé que tinham em Deus   Pai/Mãe, e nas aquelas almas de luz e nos Orixás que os protegiam. 

Então com o passar do tempo, essas religiões foram sendo   esvaziadas. E começou o novo surgimento de uma nova religião; o Kardecismo.   Quem foi Allan Kardec? Uma alma de luz extremamente evoluída, que encarnou   aqui, na Terceira Dimensão, para iniciar o processo da transformação. Porque  até então, ninguém entendia o que eram os espíritos. Ninguém entendia porque   eles incorporavam, não tinham respostas; ninguém encontrava respostas para as   suas perguntas. Então este ser veio ao planeta, para iniciar a transformação;   trazendo assim, uma nova forma de ver o espiritismo. Eu diria uma nova forma   de ver os espíritos. 

E foi muito bem aceito por muitos, muitos daqueles que nunca se   conformaram muito, com aquela forma de trabalhar. E as respostas foram   surgindo. Não, eu não diria que tudo que Kardec disse, está 100% certo. Mas   era o que vocês precisavam e podiam saber naquela época. Falar em energias a  dois séculos atrás, era totalmente inviável. Então o conhecimento tem que ser   passado, de acordo com o tempo, de acordo com o que o povo está preparado   para sentir, para ver. 

E aí surgem novas formas de se lidar com os espíritos. Onde   algumas pessoas não incorporam mais, apenas dão passes; que é a limpeza da   aura daquela pessoa, que está à frente, tendo como companhia uma alma de luz.   Mas muitos não incorporavam mais. As almas apenas se aproximavam e aquele  médium conseguia passar toda aquela energia boa para pessoa que estava ali   sendo tratada. E aí começou-se também a estudar bastante sobre os espíritos.   Muitas parábolas de Sananda foram explicadas corretamente, não como a igreja   e outras religiões que existem hoje, interpretaram. 

Então muitos começaram a ver ali, a verdade, as respostas que   tanto procuravam. E existe até hoje, muitos continuam frequentando os   chamados Centros de mesa, Centros de Linha Branca, muitos nomes; onde os   médiuns se reúnem, estudam o evangelho, aprendem um pouco; e depois praticam   a caridade da mesma forma que antes, mas sem obrigação, sem escravização. Isso   foi acabando com o passar do tempo.

As pessoas estavam ali, por um compromisso consigo mesmas e com   o próximo. Não mais por: “Se você não vier, a sua vida virará de cabeça para   baixo”. Isso acabou. Então podemos dizer para vocês, que o Kardecismo veio   para começar a transformação de muitos de vocês. Aqueles que nunca aceitaram   tudo resignadamente e sempre questionaram. Estes encontraram no Kardecismo   muita afinidade. E iniciaram aí sua caminhada, para onde estão hoje. Muito   bem. 

E aí dentro dessa linha, muitos continuaram incorporando sim,   mas de uma outra forma. Já não se viam mais batuques, já não se viam mais   animais. As coisas foram realmente sendo limpas, de todos aqueles cultos que   eram feitos anteriormente. Surge Chico Xavier, outra alma extremamente  iluminada, que encarnou neste planeta, para deixar o seu legado e deixou.   Trouxe a comunicação dos Espíritos, diretamente com cada um que o procurava.  Trazendo recado, não de almas de luz,  mas simplesmente de almas   simples. Não que não fossem de luz, eram; mas não aquelas almas que estavam   sempre nos terreiros ou casas espíritas. Eram almas do povo, almas comuns que   apenas queriam dizer para os seus parentes: “Olha estou bem, não se   preocupe, não sofra eu estou ótimo!”.

E serviu de alento para muitos. E muitos realmente passaram a   acreditar, que o espírito não morria, que o espírito era eterno. Esse   conceito de alma e espírito, sempre foi muito confundido. Alma é aquele quantum de energia multidimensional, que pode ter um pedaço em cada dimensão.   Quantos pedaços, em quantas dimensões quiser. Espírito é o pedaço encarnado. Então   poderíamos dizer, que a alma é composta de vários espíritos? Talvez, porque   para nós, não tem muito essa diferença, é um fractal da alma. Mas ficar   falando aqui em fractal, ninguém vai entender. Então preferimos dizer que, o   que está aí atuando em cada um de vocês agora, é um espírito; que faz parte   de um todo, que é a sua alma. Muito bem. 

Continuando. Então ele escreveu muitos livros, psicografou   bastante e solidificou o Kardecismo no planeta. Como alma extremamente   evoluída, Chico Xavier teve acesso ao futuro. E ele sabia, de todo o acordo   que Sananda já havia feito. Do tempo limite para que este planeta, estivesse   pronto para ascender ou não. E ele passou essa mensagem, da forma que era   possível na época. Ninguém pode dizer aqui, que Chico Xavier errou, quando   ele coloca como 2012 o início da mudança. Apenas nem tudo podia ser falado,   vocês tinham que entender. Nós não poderíamos simplesmente dizer tudo. Então   ele falou o que era possível na época. Para que vocês realmente acordassem.   Hoje Chico,  encontra-se em altas   dimensões, emanando muito amor por este planeta. Posso dizer que ele está  intimamente participando do processo, pois ele tem um discípulo que continuou   o trabalho dele. E ele tem estado junto, orientando-o a seguir na mesma   caminhada. 

Aí muitos podem perguntar: “Mas por que então que o Kardecismo   ainda existe desta forma?”. Meus irmãos, cada alma ouve o chamado. Foi o que   eu disse ontem; muitos não se permitem mais incorporar, pois perceberam que   não há mais lugar para isso, o momento agora é outro. E muitas casas   espíritas, estão se adaptando à isso perfeitamente. E estão trazendo os   estudos que estão sendo apresentados, de uma maneira muito interessante; mas   simplesmente não aceitando mais incorporar ninguém. 

As almas de luz podem se aproximar como sempre fizeram, mas sem   incorporação. E se elas são almas realmente de luz, elas conseguem passar   energia. Nada mudou. Como que eu passo a minha energia, para esta que está   falando? Ela não está incorporada de mim, primeiro porque não é assim que   funciona. E segundo que se eu fizesse isso, ela explodiria. Olha o meu   tamanho, o tamanho da minha energia e o tamanho do corpo físico dela. 

Então isto não existe. Almas de luz, foram espíritos só que   estão numa dimensão mais alta; mas foram espíritos encarnados. Então elas   podem se aproximar e praticamente, ficarem junto do corpo do médium sem   prejudicá-lo. Mas elas conseguem passar a energia através dele, sem   incorporar. Se o médium estiver pronto, ele fará a telepatia com esta alma e  falará o que tiver que ser dito. Então tudo está mudando. E como também já   comentei aqui, muitos não estão aceitando. Muitos simplesmente ignoram tudo   que está sendo dito; e induzem aqueles que os seguem a continuar   aprisionados. Porque não querem perder o poder. Muito bem. Estes, com   certeza, vão continuar o poder em outro lugar; e aqueles que os seguem irão   junto. Não há muito o que fazer, são almas que não querem evoluir, querem   permanecer naquelas crenças que elas sempre tiveram, e pronto.

Então como eu disse, o Kardecismo veio para começar a   transformação, e realmente o seu mundo foi transformado. Hoje o espiritismo,   já não é mais tão combatido como antes, ele se tornou mundial. A própria   mídia, o apresenta, porque não havia mais como esconder nada. Então o   planejamento da evolução aconteceu. Então para finalizar esse assunto, eu  quero que todos vocês entendam o seguinte: eu não estou aqui recriminando,   nem julgando, nem dizendo que tudo que é feito por aí e que ainda contenha a   incorporação é errado. Eu já disse aqui, não é opinião. Eu disse aqui é   verdade. Hoje vocês entendem; e espero que tenham entendido, que a   incorporação não faz bem para os seus corpos e abaixa a frequência deles. 

E vou repetir o que disse aqui ontem: se vocês querem ir para   Quinta Dimensão, vocês apenas têm que aumentar a cada dia a frequência. E   cada vez que você se incorporam, vocês dão um passo para frente e dez para   trás. Porque abaixa em muito a frequência de vocês. “Ah, mas eu não tenho   coragem de deixar, eu gosto do que eu faço”. Muito bem.  Continue a sua caminhada. Nada muda.   Continuarei estando ao seu lado do mesmo jeito. A decisão é sua. Por que   muitos de vocês acham, que esta é a única forma de ajudar o próximo; e eu lhes   digo que não é. Hoje a forma de ajudar o próximo, são as Terapias Holísticas,   são as terapias que lidam com energia, não com almas. 

As almas têm que descansar, essas almas todas que ainda   trabalham, têm que ascensionar. E muitas estão ascensionado, muitas não estão   incorporando mais, porque elas também querem evoluir; querem sair daquele   patamar que ficaram presos durante milênios. Então se você acha que manter a  incorporação, só pelo fato de ajudar o próximo... repense seus  conceitos. Porque uma coisa lhe digo: suponhamos que as pessoas que   incorporam tivessem frequência para ir para a Quinta Dimensão. Chegando lá,   não farão mais isso. E aí se sentirão meio que perdidas no que fazer para   ajudar o outro; como ajudar o outro? Não saberá. No entanto aquelas pessoas   que hoje estão se preparando, estão na caminhada para a Quinta Dimensão, na   sua grande maioria já encontrou uma forma de ajudar o outro; através das Terapias   Holísticas. Porque este é o chamado, para quem escolhe ascender. 

Então eu apenas gostaria que vocês pensassem, bastante a   respeito. O que vocês querem realmente? Ou melhor, aonde vocês querem chegar?   Vocês querem ir realmente para a Quinta Dimensão? Vocês querem evoluir? Então   deem um passo à frente; rompam com isso. Não, ninguém irá lhe castigar,  ninguém irá ficar de biquinho ou com raivinha, porque você não está mais   incorporando eles. Então eles não são almas de luz, são qualquer coisa,  menos almas de luz. Porque aquela alma de luz, quer ascender e quer que você   ascenda também. Enquanto você estiver buscando ela para incorporar, ela está   ali. 

Então vamos ganhar a liberdade? Vamos dar a liberdade também?   Então aqui fica como uma pergunta: onde vocês realmente querem chegar? Toda   mudança é difícil. Todo rompimento é difícil, mas se feito de coração e com   um propósito maior, tudo dá certo. Tudo acontece de forma a dar certo. Pensem   a respeito. O momento agora, a era, a era é de energia, não de incorporação   mais. Isto é um vício da Terceira Dimensão. E como tal ficará nela, não será propagado para a Quinta. Almas têm que ficar no lugar de almas se preparando   para ascender. Se são almas evoluídas, elas trabalharão de uma outra forma,  não incorporando mais. Isto acabou. Na Quinta, isto acabou. Aqui, aqueles que  permanecerem, que escolherem esse caminho; volto a repetir, cuidado! Está   dando muitos passos atrás  para a sua ascensão. 

Agora quem realmente acha: “Não, eu não vou parar!”. Ótimo, você   já fez uma escolha. A escolha está feita, isso eu lhe garanto; e você poderá   continuar a sua incorporação em outro lugar. Não aqui mais, no planeta Terra.   Você irá manter isso em outro planeta, com a mesma dimensão, que tem o mesmo   jugo desses seres. Ótimo! Respeito a sua escolha. 

Então meus irmãos, encerramos esse assunto aqui, em relação   a espíritos. Não é? Porque falamos da origem e chegamos até o mundo atual. Onde o preconceito diminuiu bastante, em relação à essas crenças. Elas já são   aceitas em todo o planeta. E na próxima semana, vamos falar de outras   religiões. Vou fazer vocês pensarem um pouco. 

Não esperem aqui, que eu vá ficar falando mal de ninguém. E nem   esperem aqui, que eu vá ficar contando histórias, dando nomes. Porque isto eu   não farei. Percebam que em nenhum momento eu cito nomes, porque isto não é   importante. Importante é a essência da coisa, é o porquê ela foi criada,  porque foi mantida, como foi criada. Então é isso que eu começarei a falar na   semana que vem – outras religiões. 

EU SOU O ARCANJO MIGUEL!  Estou aqui sempre pronto, para   tentar arrancar da mente e dos corações de vocês muitas crenças limitantes;   que neste momento só estão atrapalhando a caminhada de vocês. 

Share

Lúcio Soares

Gosto de pesquisar sobre variados assuntos e principalmente aqueles que a grande mídia não divulga. Desde o inicio com o Blog Olho Solitário tenho aprendido muito e sei que na busca da verdade não estamos sozinhos.

O que achou? Comente aqui:

0 comentários:

Aqui você é livre para comentar. Obrigado pela visita!